cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Arte
Natureza
Natureza
Desporto
Desporto
Cultura
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

32.000 pinheiros vão ajudar a reflorestar a Figueira da Foz

2018 11 02 pinheiros

Primeiro foram os incêndios de 2017, depois a tempestade Leslie. Para além de outros prejuízos que afetaram os domínios públicos e privados, foram muitas as árvores que, queimada, quebradas ou arrancadas pelos ventos, ditaram a diminuição da mancha verde do Concelho da Figueira da Foz, com particular incidência em algumas freguesias.

Solidária com a Figueira da Foz e com os figueirenses, a comunidade de Nogent-Sur-Marne, através da sua edilidade mas também da Associação Franco-Portuguesa Cultural e Desportiva Estrelas (AFPCDEM), mobilizou-se para angariar fundos destinados a apoiar o esforço de reflorestação do Concelho figueirense, realizando espetáculos solidários e captando diversos apoios com uma missão: oferecer à Figueira da Foz uma árvore por cada habitante de Nogent-Sur-Marne. 

Esta sexta feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, perante o presidente e deputados da Assembleia Municipal, de vereadores, autarcas locais e dirigentes associativos, foi assinado o protocolo de cooperação que operacionaliza a doação francesa e a estabelece as responsabilidades da autarquia portuguesa na colocação destes 32.000 pinheiros ao serviço da criação de Bosques Didáticos em diversas freguesias do Concelho da Figueira da Foz. «Este é um momento simbólico de amizade e solidariedade entre os povos e também de afirmação dos valores de fraternidade e solidariedade da União Europeia», afirmou o vice-presidente da Autarquia figueirense, sublinhando ainda a importância do associativismo na defesa destes valores. O vice-presidente de Nogent-Sur-Marne, Philipe Pereira, usou da palavra para expressar a solidariedade da sua comunidade, que tem, desde março de 2017, dado corpo a um protocolo de amizade e cooperação com a Figueira da Foz, e para frisar a importância de, sem descurar outras prioridades, «ouvir o que não tem voz mas nos dá alertas, a Natureza». 

Assinado o protocolo, pelo vice-presidente Carlos Monteiro, em representação da Câmara Municipal da Figueira da Foz, pelo vice-presidente de Nogent-Sur-Marne, Philipe Pereira, e pelo presidente da AFPCDEM, o figueirense Manuel Guardado, foi plantado na Praça Europa/Aguiar de Carvalho o primeiro pinheiro, como símbolo da amizade entre as duas comunidades. Para Miguel Pereira, o vereador responsável pelo Gabinete Técnico Florestal, esta é uma iniciativa importante e que vem complementar um conjunto de estratégias dedicadas a fortalecer, ordenar e cuidas das zonas verdes do Concelho.

A manhã terminou com a comitiva francesa a aceitar o repto para ajudar na plantação de 50 jovens pinheiros nas proximidades da Lagoa da Vela. Para alguns luso-descendentes com raízes na Figueira da Foz foi, também, a oportunidade para regressar a locais de infância que não visitavam há várias décadas. 

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |