cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Desporto
Cultura
Desporto
Natureza
Natureza
Arte
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Noite dos Esqueletos assombrosamente solidária no Museu Municipal

2018 10 esqueletos

Pelo oitavo ano consecutivo, e com mais público a cada edição, a Noite dos Esqueletos no Museu Municipal Santos Rocha é já um dos eventos-âncora da programação cultural do Concelho da Figueira da Foz.

Em 2018, aliando à tradição anglo-saxónica do Halloween a magia de alguns dos mais populares contos infantis, reinterpretados à luz do ambiente assustador que carateriza a noite de 31 de outubro, o evento promete ser ainda mais inesquecível.

Solidariedade com coletividades afetadas pelo Leslie

A edição de 2018, subordinada ao tema «Histórias de (Des)Encantar», traz ainda uma novidade: mantendo-se com entrada livre, a Noite dos Esqueletos convida este ano todos os visitantes a contribuírem com um donativo destinado a apoiar cinco instituições parceiras da Autarquia nesta organização e que, no passado dia 13, sofreram danos consideráveis na sequência da passagem da Tempestade Leslie pela Figueira da Foz. Assim, o valor apurado no final da noite, ao bater das 12 badaladas, será de imediato distribuído de forma equitativa entre o Sport Club de Lavos, o Grupo Recreativo Vilaverdense, o Quiaios Clube, a Sociedade de Instrução Tavaredense e o Conservatório David de Sousa. Para além destas entidades, a Noite dos Esqueletos conta ainda com o apoio, através da cedência de trajes e adereços ou oferta de materiais e serviços, de entidades como a Sociedade Filarmónica 10 de Agosto, de estabelecimentos de ensino ((1.º e 2º Jardim Escola João de Deus; Escola Cristina Torres e Escola Bernardino Machado), de estabelecimentos comerciais e empresas como Ondarte, Kidarte,The Navigator Company, Celbi, Sindutex, loja Simulassão e Rui Mamede, dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz e da associação de artistas Magenta. Entre as diversas entidades parceiras, voluntários a nível individual e os funcionários do Município ativamente envolvidos, a Noite dos Esqueletos conta com a colaboração ativa de cerca de 150 pessoas.

Ciência com experiências De (Des)Assombrar

A Noite dos Esqueletos é mais do que uma simples noite em que homens, mulheres e crianças se mascaram de seres imaginários, fantasmagóricos e aterradores, brincando às doçuras e travessuras. É a noite mais divertida e assustadora do ano, em que os funcionários e colaboradores do Museu Municipal dão largas à imaginação, e todos os espaços e peças servem de cenário para um não acabar de surpresas.
Para ajudar à festa no Museu, o Exploratório- Centro de Ciência Viva de Coimbra volta a estar presente na iniciativa com atividades de cariz lúdico-cientifico pensadas, sobretudo para famílias e para os mais pequenos. E por falar em mais pequenos…

Dois públicos, dois horários

Porque o evento cresceu para além da capacidade de lotação do Museu Municipal, este ano, à semelhança do que aconteceu em 2017, a Noite dos Esqueletos volta a contar com dois horários distintos.
Assim, as famílias com crianças até 12 anos estão convidadas a visitar o Museu entre as 18h00 e as 20h00, e a resolver o Percurso Pedagógico, a ouvir os “Contos de (des) Encantar” e a participar nas “Experiências de (des) Assombrar” (atividade com marcação prévia, para grupos de 20 pax, para servico.educativo@cm-figfoz.pt). Podem ainda complementar a sua indumentária do Dia das Bruxas com pinturas faciais alusivas ao evento.
A partir das 21h00 e até às 24h00, o espaço cultural abre de novo portas, desta feita aos mais intrépidos, ou pelo menos mais crescidos, que poderão divertir-se com os cenários aterradores criados, muitos deles, com recurso a peças do acervo do Museu. Do programa fazem ainda parte as performances do grupo de teatro “As Personagens”, da Escola de Artes do CAE e do Conservatório de Música David de Sousa (música e dança), com coordenação geral do ator e encenador Emanuel Rodrigues.
O Município da Figueira da Foz convida toda a população a participar desta noite especial, em que Cultura, Diversão e Solidariedade dão as mãos no Museu Municipal.



Plano de segurança do evento

À semelhança de 2017, e em articulação com os Bombeiros e Proteção Civil Municipais, Cruz Vermelha Portuguesa | Delegação da Figueira da Foz e empresa de segurança, o Museu terá um ponto de entrada e um ponto de saída, nos dois horários propostos, sendo a entrada de público no espaço faseada em grupos organizados de 50 pax, por forma a assegurar quer a integridade física dos participantes, quer a segurança do acervo do Museu.

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |