cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Desporto
Natureza
Natureza
Desporto
Cultura
Arte
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Semana Europeia da Juventude com «porta aberta» para o futuro

2017 05 11 juvent

Na Figueira da Foz, a Semana Europeia da Juventude 2017, que se assinalou de 2 a 7 de maio, teve o seu ponto algo na quinta-feira dia 4 de maio, no Centro de Artes e Espectáculos. Mais de uma centena de jovens, do ensino regular e profissional do Concelho, aceitaram o desafio de participar num programa diversificado, que apostou na divulgação de projetos de intercâmbio não escolar no âmbito do Erasmus + e, ainda, na realização de diversos workshops temáticos, destinados a lembrar aos jovens a importância de adquirir competências para o futuro, explorando as suas potencialidades e talentos.


Realizada com o apoio do Município da Figueira da Foz e dinamizada pela Bonae Spei - Associação Cultural, com sede do Bairro Novo (Figueira da Foz), a iniciativa, promovida pela Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação, contou, na sessão de abertura, com a presença do Vereador responsável pelo pelouro da Juventude, António Tavares. O autarca instou os jovens a alargarem os seus horizontes, perseguindo sonhos e fazendo amigos de outras nacionalidades, contribuindo para um mundo com mais pontes do que fronteiras. «É um clichê mas é verdade: o saber não ocupa lugar», frisou, «e esta é a altura ideal para vocês acumularem experiências e adquirirem experiências que, acreditem, um dia vos poderão ser úteis», acrescentou, agradecendo a alunos, docentes e escolas pela adesão à iniciativa que visa «abrir as portas do futuro» aos que, não tarda, terão a responsabilidade de o construir.

A Hugo Ribeiro, Presidente da Adamastor – Associação Cultural e formador da Agência Nacional Erasmus+ - Juventude em Ação, coube apresentar, no Pequeno Auditório CAE, o programa Erasmus+, que coloca a Europa ao alcance da juventude, com intercâmbios com custos suportados pela União Europeia que permitem aos jovens consolidar a cidadania europeia ao mesmo tempo que desenvolvem inúmeras competências, do conhecimento de novas línguas a experiências de trabalho voluntário em associações ou organização de eventos, entre muitas outras. «E ainda fazem amigos de muitas nacionalidades e vivem experiências inesquecíveis e, quase sem darem por isso porque se estão a divertir e a viajar e a viver coisas novas, ficam com ferramentas que, mais tarde, vos ajudarão a ter um currículo diferenciado», destacou Hugo Ribeiro. A sessão terminou com a oferta de brindes aos presentes, que levaram para casa, também, informação sobre o programa Erasmus +. Antes, porém, os jovens dividiram-se pelos worshops de Guitarra, com Luís de Sousa (Músico e professor de música na Escola de Artes do CAE); de DJ, com o Dj Fausto Carvalho; de Organização de eventos, com Paulo Cardoso (Presidente da Sombra Janota – Associação Cultural e Recreativa – Promotor do Woodrock Festival, na Praia de Quiaios); de Dança, com Daniel Sopas (Professor de Dança da Academia 21); de Construção de Guitarras, com Daniel Rodrigues (da Luthier - Daro Guitars) e de “Audiovisuais – Realização, produção e captação”, com o realizador e Film Maker.

À saída do CAE, muitos jovens admitiam ter ficado com vontade de explorar mais a oportunidade de viajar e conhecer a Europa com o programa Erasmus +, bem como de participar nas iniciativas locais organizadas para os jovens estrangeiros que, no âmbito do mesmo programa, se deslocam à Figueira da Foz.

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |