cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Natureza
Natureza
Desporto
Cultura
Desporto
Arte
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Câmara Municipal da Figueira da Foz, Associação EPIS e CELBI, SA assinaram protocolos para combate ao insucesso escolar

2017 01 epis


Criada em 2006, por um conjunto de empresários e gestores portugueses, a Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social, tem como missão prioritária a intervenção na área da Educação, com vista ao combate ao insucesso e abandono escolares, com a premissa de que este é um aspeto fundamental para inclusão social dos jovens e para a construção de um modelo coletivo de cidadania moderno.

Ao Município da Figueira da Foz o projeto EPIS chegou a 14 de Dezembro de 2012, data da assinatura dos primeiros Protocolos de Colaboração, entre o Município e a Associação EPIS e entre esta Associação e a CELBI, SA, que lançaram a “Rede de Mediadores de Capacitação para o Sucesso Escolar”, com vista à promoção do sucesso escolar ao nível do Ensino Básico (1º e 3º Ciclos).
Finda a vigência destes Protocolos de Colaboração, e após avaliação dos três anos de intervenção da EPIS nas Escolas que aderiram ao projeto, os parceiros envolvidos decidiram, de forma unânime, prosseguir com esta parceria no sentido de dar continuidade ao acompanhamento dos alunos ainda no 3º CEB e intervir pela primeira vez no 2º Ciclo do Ensino Básico, com a constituição de uma equipa concelhia constituída por três técnicas a tempo inteiro, duas licenciadas em psicologia (afetas à Divisão de Educação e Assuntos Sociais) e uma licenciada em Serviço Social (afeta à Empresa Municipal Figueira Domus), com formação especializada na intervenção ao nível do combate ao insucesso e abandono escolares, junto de alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico. Neste projeto de âmbito concelhio, a EPIS investe entre 25.000 a 30.000€/ano e a CELBI, por triénio, 7.500€.

Assim, no sentido de dar continuidade à Rede de Mediadores de Capacitação para o Sucesso Escolar, que intervirão ao longo dos próximos 3 anos letivos junto dos alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, que se encontrem em risco de insucesso e de abandono escolares, foram celebrados, a 12 de janeiro de 2017, novos Protocolos de Colaboração entre a Câmara Municipal da Figueira da Foz e a Associação EPIS e entre a CELBI e a Associação EPIS. A cerimónia contou com a apresentação dos resultados positivos obtidos desde a implementação do projeto, por Diogo Simões Pereira, Diretor-Geral da Associação EPIS, e pelo Professor da Universidade de Coimbra, Paulo Nossa, num momento que contou com a exibição de testemunhos, gravados, de docentes e alunos que atestaram a mais-valia de um acompanhamento que abrange também as famílias, dotando-as de ferramentas que estimulam o sucesso escolar.

Na Figueira da Foz o programa EPIS abrange atualmente seis escolas do 1º Ciclo - Leirosa, Maiorca, Infante D. Pedro, Rui Martins e Gala - indicadas pelos agrupamentos. No ano letivo 2015/16, 33 alunos beneficiaram de sessões semanais ou bi-semanais dinamizadas pela mediadora, número atualizado em janeiro de 2017, passando a envolver 57 alunos em acompanhamento de proximidade. Globalmente, nos três ciclos de ensino, desde 2013 até ao presente, o projeto apoiou aproximadamente 300 alunos. Na assinatura do Protocolo, o Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde, destacou a importância e imprescindibilidade do combate ao insucesso escolar, saudando o compromisso assumido pelos empresários, no país em geral e na Figueira da Foz em particular, agradecendo à CELBI a adesão ao repto lançado pela Autarquia e pela EPIS. «Hoje, a falta de formação não é admissível», sublinhou, lembrando que «também as políticas públicas regionais estão em linha com este desafio», que visa simultaneamente dotar a sociedade de cidadãos mais preparados e realizados e reduzir os gastos com os apoios sociais destinados a colmatar as dificuldades daqueles que, por falta de habilitações, tenderão a ficar, cada vez mais, fora do mercado de trabalho. «Cada euro investido hoje no sucesso escolar equivale a milhares de euros poupados em apoios sociais no futuro», concluiu o edil.

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |