cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Natureza
Natureza
Arte
Natureza
Cultura
Desporto
Desporto
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Festas da Cidade / São João 2019

2019 06 sjoao

O programa das festas tem início a 01 de junho com a ligação da iluminação decorativa em várias artérias da cidade e com um grande nome da música portuguesa, Ana Moura, que atua no CAE assinalando o 17.º aniversário deste equipamento municipal. Sob o lema ‘Figueira Famílias Felizes’, a 1 e 2 de junho entre as 14h00 e as 18h00 decorrem também, no Parque das Abadias, as comemorações do Dia Mundial da Criança, com o apoio da Águas da Figueira, prometendo encher de cor e alegria aquele parque verde, com um programa pensado e preparado especialmente para os mais pequeninos.

No desporto destacamos o Hugo Almeida FootVoley Cup / Portugal Series, entre 7 e 9 de junho; a Meia Maratona Internacional da Figueira da Foz, no dia 10 de Junho; os Campeonatos Nacionais Universitários de Desportos de Praia, de 11 a 13 de junho; o Madjer Youth Cup, entre 21 e 23 de junho; o Hugo Almeida FootVoley Cup / European Series, a 28 e 29 de junho. A Taça de S. João do Núcleo dos Antigos Remadores da Associação Naval 1.º de Maio, a 1 de junho e a Regata de São João do CNAFF, 22 de junho, completam o programa desportivo da quadra festiva onde a boa disposição é garantida no dia 15 de junho pela Regata + Louca do Mondego uma organização dos Escuteiros Marítimos, que promete proporcionar uma tarde divertida e inesquecível no Rio Mondego junto à Praça da Europa.

Entre 7 e 9 de junho, a Festa da Sardinha da Malta do Viso, regressa ao Coliseu Figueirense onde o menu não podia ser mais típico: sardinha assada, broa, caldo verde e muita música pelo Duo SanPedro.

A 8 de junho realiza-se a 1ª edição do República ConVida. Uma iniciativa organizada pela Sociedade Filarmónica Dez de Agosto, ACIFF e pela CMFF, cujos objetivos prendem-se com a dinamização desta zona nobre e de excelência da cidade, no que ao comércio tradicional se refere; valorização da importância do movimento associativo ao serviço do Turismo e enquanto motor do próprio desenvolvimento económico do Concelho. O programa de animação é diversificado e desenvolve-se ao longo de todo o dia.

Entre 14 e 24 de junho, no Parque da Avenida de Espanha, abre o clássico e sempre do agrado dos mais jovens Parque de Divertimentos de São João, com as tradicionais diversões e jogos e onde as farturas não vão faltar.

De 20 a 30 de junho, na Praça do Forte, decorre a Feira das Freguesias, com a participação de todas as freguesias do concelho num espaço já emblemático para as Festas da Cidade, a Praça do Forte, onde se celebra a gastronomia típica da região, os produtos endógenos e onde sobem ao palco os artistas de renome nacional e internacional, Blaya, Miguel Gameiro e Rouxinol Faduncho, o folclore também marca presença através das nossas coletividades, com destaque para o Festival de Folclore Ibérico António Maia Cardoso. A edição deste ano promete diminuir a pegada ecológica e fazer uma “caça” aos plásticos descartáveis. A Feira das Freguesias foi selecionada como o evento da Figueira da Foz para as celebrações da Região Europeia da Gastronomia em 2021; este será um grande desafio para a nossa cidade e para a Região de Coimbra.

Ainda no âmbito da gastronomia, mas nos restaurantes aderentes, destacamos o Festival das Caldeiradas, uma organização da Associação Gastronómica Figueira com Sabor a Mar, a decorrer entre 21 e 30 de junho.

A noite mais longa do ano, dia 23 de junho, Noite de São João, arranca às 21H30 com o 1º desfile das Marchas Populares, entre o Johnny Ringo e a Praça do Forte, com 4 Marchas a concurso e 3 Marchas convidadas, às quais se junta a Imperial Neptuna Académica, que, como dita a tradição, abre este primeiro desfile. Posteriormente, no Molhe Interior Sul, terá lugar o aguardado espetáculo piromusical com multimédia, seguido do espetáculo do artista Rouxinol Faduncho e dos tradicionais arraiais populares, festa do Banho Santo e Fogueiras de São João na Praia do Forte.

Já a 24, dia da cidade, as comemorações começam pela manhã com a cerimónia de atribuição de distinções honoríficas no CAE, e durante a tarde têm lugar as celebrações religiosas: missa, procissão e bênção de mar. Ao início da noite, no Coliseu Figueirense, decorre o 2º desfile das Marchas Populares, que recebe também duas Marchas convidadas e a Tuna Bruna – Tuna Académica da Figueira da Foz.

Visite-nos e conheça a Figueira da Foz do São João.

Atualizado em 31-05-2019

Visitas: 4060

Programa Municipal de Desporto para Todos (PMDT)

2019 05 desporto

A Câmara Municipal da Figueira da Foz, pretende implementar, na cidade da Figueira da Foz, entre os meses de maio a outubro, o Programa Municipal de Desporto para Todos (PMDT), que tem como principal objetivo o aumento do número de munícipes com prática regular de atividade física orientada. Com este Programa, continuamos um caminho que tem sido percorrido, e de que são exemplos diversas iniciativas, que é o de criar as bases para conseguirmos uma Cidade com uma população mais ativa, com estilos de vida saudáveis e melhor qualidade de vida.

O PMDT dirige-se a todos os munícipes interessados em aumentar o seu bem-estar e qualidade de vida, através da prática regular de exercício orientado por técnicos habilitados. Este Programa assentará a sua base de funcionamento no estabelecimento de parcerias com entidades públicas e privadas, que têm como objeto a promoção do exercício físico.

As atividades e respetivo calendário estão disponíveis no cronograma, bem como, através dos  flyers à disposição no Posto de Turismo da Avenida e na sede dos parceiros. Através deste Programa, os munícipes podem praticar livremente algumas modalidades de ginásio, e ainda, aulas de yoga, orientação, equitação, bodyboard e padel. 

 

pdf Programa Municipal e cronograma

 

Atualizado em 08-05-2019

Visitas: 871

A limpeza de terrenos e execução das faixas de proteção das edificações deve ser realizada até 15 de março

2018 02 serra

 

Os proprietários, arrendatários, usufrutuários ou entidades que, a qualquer título, detenham terrenos fora das zonas urbanas, são obrigados a proceder à gestão de combustível para garantir a sua segurança e a dos outros. Para tal devem assegurar uma faixa de limpeza não inferior a 50 metros em redor dos edifícios (habitações, estaleiros, armazéns e outras edificações).






Por outro lado, a envolvente dos aglomerados populacionais merecem especial proteção de acordo com a Lei n.º 76/2017 de 17 de agosto, alterada pelo DL 14/2019 de 21 de janeiro, que define que devem estar protegidos por uma faixa, não inferior a 100m de largura, cuja gestão de combustível compete aos proprietários, arrendatários, usufrutuários ou entidades que, a qualquer título, detenham terrenos inseridos nessa faixa.


Nos parques de campismo e nos parques e polígonos industriais também é obrigatória a gestão do combustível numa faixa não inferior a 100m competindo à entidade gestora a respetiva limpeza.”

Pode consultar AQUI se os seus terrenos se encontram dentro dessa faixa dos 100m.

 

 

Como proteger os seus bens dos incêndios florestais?

  • Conservar uma faixa de limpeza não inferior a 50 metros em redor dos edifícios, ou seja, eliminar a vegetação mais inflamável e sem qualquer tipo de tratamento.
  • A distância mínima entre as copas das árvores é de 4m e a desramação deve ser de 50% da altura da árvore até que esta atinja os 8m, altura a partir da qual a desramação deve alcançar no mínimo 4m acima do solo. Mas no caso de se tratar de pinheiro bravo e eucalipto a distância entre as copas das árvores deve ser no mínimo de 10m.
  • Certifique-se que as árvores e arbustos se encontram pelo menos a 5 metros da edificação. Excecionalmente, no caso de arvoredo de especial valor patrimonial ou paisagístico pode admitir-se uma distância inferior a 5 m, desde que seja reforçada a descontinuidade de combustíveis (intervalos entre o arvoredo) e garantindo que não há acumulação de combustíveis na cobertura dos edifícios.
  • Mantenha as copas das árvores afastadas entre si pelo menos 4m. No caso de se tratar de pinheiro bravo e eucalipto a distância entre as copas das árvores deve ser no mínimo de 10m.
  • A altura máxima dos arbustos não pode exceder 50 cm.
  • A altura máxima das plantas de pequeno porte não pode exceder 20 cm.
  • Não pode haver acumulação de substâncias combustíveis, como lenha, madeira ou sobrantes de exploração florestal ou agrícola, bem como de outras substâncias altamente inflamáveis.
  • Mantenha a cobertura dos edifícios limpa de caruma, folhas ou ramos, que possam facilitar o surgimento de focos de incêndios.
  • Mantenha as botijas de gás e outras substâncias inflamáveis ou explosivas armazenadas, no mínimo 50 metros da sua casa ou em compartimentos isolados.
  • Sempre que possível deverá ser criada uma faixa pavimentada de 1 a 2m de largura, circundando todo o edifício.

 

Atenção: é proibido fazer queimas ou queimadas sem autorização!


Os resíduos florestais podem gerar energia, não destrua este ciclo de reciclagem!

 

Saiba para onde deve enviar os resíduos florestais após a limpeza de terrenos - Os parques de deposito resíduos florestais estão situados nos seguintes locais:
- Ferreira-a-Nova
- Oficinas da Câmara Municipal (Zona Industrial)

Se tem grandes ou médias quantidades de resíduos que queira ver recolhidos deverá agendar as recolhas para o nº 961273360 (CMFF - Engª Elisabete), de 2ª a 6ª feira, das 09.30- 16.30

Se tem pequenas quantidades de resíduos deverá contactar a sua Junta de Freguesia para recolha das Big Bags e a recolha também deverá ser agendada para o nº 961273360 (CMFF - Engª Elisabete), de 2ª a 6ª feira, das 09.30- 16.30.

Fazer queimas ou queimadas sem comunicação/autorização será considerado uso de fogo intencional e poderá incorrer em crime de incêndio florestal.

Para obter autorização aceder a https://fogos.icnf.pt/InfoQueimasQueimadas/ ou ligue para os Bombeiros Municipais da Figueira da Foz: 233 402 800.”

 

Informa-se que em caso de incumprimento de limpeza dos terrenos, a partir de 15 de Março o Município pode proceder à sua execução sem qualquer formalidade e, após o que notifica as entidades faltosas responsáveis para procederem, no prazo de 60 dias, ao pagamento dos custos correspondentes. Caso não se verifique o pagamento no prazo de 60 dias, a Câmara Municipal extrai a certidão de dívida e a sua cobrança decorrerá por processo de execução fiscal, nos termos do Código de Procedimento e de Processo Tributário (nº3 a 6 do art.º 21º da Lei n.º 76/2017, de 17 de agosto).

 

Para mais informações pode contactar a Junta de Freguesia da sua residência ou:

Serviço de Proteção Civil e Bombeiros da Figueira da Foz 233 402 805
GNR 233 402 320
PSP 233 407 560

Atualizado em 12-03-2019

Visitas: 6076

"Coworking Mercado de Ideias"

2018 10 01 cow1

Encontram-se abertas as candidaturas para ocupação do espaço  "Coworking Mercado de Ideias"

O “Mercado de Ideias”, espaço de Coworking, surge com o objetivo principal de apoiar empreendedores, empresas e profissionais liberais no seu processo de desenvolvimento e consolidação de atividades que contribuam para dinamizar e diversificar a economia local, ampliar e modernizar o tecido empresarial e contribuir para a criação de postos de trabalho estáveis e qualificados.

As candidaturas poderão ser formalizadas presencialmente no GAI – Gabinete de Apoio ao Investidor,  ou por e-mail para o seguinte endereço: gai@cm-figfoz.pt 

2018 10 01 cow2

 

pdf Regulamento Mercado de Ideias - Espaço de Coworking

 

pdf Formulário de Candidatura

 

 

 

 

Atualizado em 20-05-2019

Visitas: 1770

Avaliação Integrada, Ecológica e Sociocultural do Salgado da Figueira da Foz

 

2017 11 sal

Com vista a uma gestão sustentável na implementação de projetos de empreendedorismo em atividades económicas ligadas à salicultura e à aquicultura, o Laboratório Marefoz desenvolveu um estudo relativo ao levantamento do salgado e respetiva capacidade de carga física, permitindo dotar o Município de uma ferramenta de trabalho de relevante interesse público e municipal, nomeadamente para os empreendedores que pretendem investir em atividades ligadas à aquicultura e salicultura no salgado da Figueira da Foz.

 

pdf Avaliação Integrada, Ecológica e Sociocultural do Salgado da Figueira da Foz na Perspetiva do Desenvolvimento - 2017 

Atualizado em 27-11-2017

Visitas: 1237

Exposição Dinossauros da Patagónia

 

2017 10 dinau

A Câmara da Figueira da Foz, o Exploratório de Coimbra e o Grupo Cultural (da Argentina)  com o apoio da Litocar, realizam, de 22 de julho a março do próximo ano, no pavilhão Multiusos da Figueira da Foz, no Parque da Avenida de Espanha, a exposição "Dinossauros da Patagónia".

Geoparque Jurássico da Figueira da Foz

A sua opinião AQUI

 

Precario Exposicao Dinossauros



 

 

 

 

A exposição tem por finalidade reforçar a candidatura do Cabo Mondego a geoparque mundial, tendo como alicerces o património natural, histórico e cultural do concelho da Figueira da Foz, além da importância geológica e paleontológica daquele sítio classificado como monumento natural.

 

 

Atualizado em 03-10-2018

Visitas: 5408

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |