cabedelo
surfsurfespacoondasmares

ptenfrdees
Desporto
Natureza
Cultura
Natureza
Desporto
Arte
Natureza
Internet Marketing Bruidsfotograaf

Exp. «CAOS - Aves no Baixo Mondego», Pedro Baptista

  

caos

Junho a julho  

 

Hora:  quarta a domingo: 10h30-12h30/14h30-18h45 

Local: Núcleo Museológico do Sal

Entrada: Gratuita 

Público-alvo: Público em Geral

 

«Caos – Aves no Baixo Mondego III/IV», de Pedro Baptista é a  terceira de quatro programadas para o espaço museológico. Reúne um conjunto de 12 fotografias de aves, que têm como habitat ou local de passagem o Baixo Mondego.

Pedro Baptista refere que “Há um ímpeto estranho que me faz regressar a determinados lugares para desfrutar das aves, para as ver, para as fotografar. Na região do Baixo Mondego há sítios onde me refugio. Descobri que estar ali é ir ao encontro de mim próprio. Comecei por ver nas aves um motivo para fotografar, agora a fotografia é mais um pretexto para as contemplar.”

 

Atualizado em 05-06-2019

Visitas: 61

I Maratona Fotográfica da Figueira da Foz

  

maratona

06 de julho

 

Local: Freguesias de Lavos e Maiorca  

Inscrição: Gratuita, até  28 de junho

Formulário de inscrição encontra-se disponível em: https://docs.google.com/…/1NnRAoJyZlnxHG4lJnTGd8Eeossn…/edit

Público-alvo: Público em Geral | Min.20 pax - Max.40 pax.

 

A 1ª Maratona Fotográfica da Figueira da Foz vai percorrer vários locais das  freguesias de Lavos e Maiorca, em autocarro disponibilizado pelo Município.

De 12 de agosto a 20 de setembro, será exposta, no Núcleo Museológico do Sal, uma seleção de fotografias resultantes da Maratona.

Atualizado em 12-06-2019

Visitas: 117

Exp. «O Alojamento turístico na Figueira da Foz»

  

dia internacional dos arquivos

08 JUN a 12 JUL

 

Exposição comemorativa do Dia Internacional dos Arquivos

Local: Hall da Biblioteca, Museu e Auditório Municipais 

Entrada: Livre


Público-alvo: Público em Geral

 

 «O Alojamento turístico na Figueira da Foz :Finais do século XIX até meados do século XX«

 

Esta exposição foto-documental tem o propósito de informar e sensibilizar o cidadão comum para a importância de "guardar memórias" e por analogia, o papel das instituições especializadas na sua guarda e preservação, no sentido de poder  ser  construída a história para as gerações vindouras.

A mostra integra um conjunto de documentos e fotografias, do final do século XIX e meados do século XX, selecionadas pelos arquivos municipais, histórico e fotográfico.

 

Atualizado em 04-06-2019

Visitas: 82

«Filhos do Mar», Américo Gonçalves

 

filhos do mar

03 JUN a 31 AGT 

 

Hora:  09h00-13h00 | 14h00-1700

Local:Núcleo Museológico do Mar  

Entrada: Gratuita 

Público-alvo: Público em Geral

 

“Filhos do Mar” é uma exposição de aguarelas, de Américo Gonçalves, composta por 25 obras do artista plástico, que associa a sua pintura ao legado que o Núcleo Museológico do Mar perpetua, interpretando as memórias da Vida no Mar e das suas Gentes.

 

 

Atualizado em 04-06-2019

Visitas: 67

Exposição "O Infante Dom Pedro de Coimbra na História de Portugal"

 

Cartaz Facebook alfredo

20 MAIO a 09 JULHO 

 

Local:Casa do Paço  

Público-alvo: Público em Geral

 

 

Depois de ter estado patente ao público no Palácio da Justiça, em Coimbra, a exposição «O Infante Dom Pedro de Coimbra na História de Portugal» vai ser apresentada no “edifício histórico setecentista da Casa do Paço”.

A exposição será inaugurada a 20 de maio, dia em que se completam 570 anos da morte do Infante Dom Pedro em Alfarrobeira e, por coincidência, também o dia em que se celebra, neste ano em Coimbra e Figueira da Foz o «Dia da Marinha Portuguesa». 

De acordo com Alfredo Pinheiro Marques (Centro de Estudos do Mar – CEMAR), nesta exposição “incluem-se algumas peças muito significativas, nomeadamente uma coleção de modelos de todas as peças de escultura até hoje produzidas pelo escultor Alves André e dedicadas à figura do Infante Dom Pedro (desde 1995-1996), e é pela primeira vez apresentado publicamente, em estreia absoluta, como peça principal, o modelo de grandes dimensões da estátua equestre do Infante de Coimbra, que o escultor agora criou especialmente para esta exposição em Coimbra e na Figueira da Foz”.

Atualizado em 10-05-2019

Visitas: 939

Copyright © 2014 Município da Figueira da Foz | Desenvolvimento WRC | Design Sigyn |